História do Grupo Explorador

O Grupo Explorador foi a primeira secção do Agrupamento 523 - S. Tomás de Aquino. Filiou-se em Julho de 1978 e contava com 46 exploradores com idades compreendidas entre os 10 e 17 anos, mas no final do ano tinha diminuído para 35. Os exploradores desses tempos estavam divididos nas cinco primeiras Patrulhas do Agrupamento: Tigre (Fortes e Audazes), Lobo (Rápidos e Resistentes), Lontra (Activas e Serenas), Pantera (Fortes e Vivos) e Castor (Não faço mais porque não posso).

Em 1983 o Grupo Explorador dividiu-se no Grupo Explorador Júnior (agora Grupo Explorador 52) e no Grupo Explorador Sénior (o actual Grupo Pioneiro 54), e assim passou a ter apenas duas Patrulhas: uma masculina (Águia) e uma feminina (Gazela), as quais se juntou posteriormente a Patrulha Tigre. O Grupo cresceu então, graças à entrega de todos os seus exploradores e às equipas de animação, sofrendo naturalmente os seus altos e baixos, no entanto nunca esquecerá o contributo especial dos chefes José Mourinho Marcelo (Chefe de Grupo durante os primeiros 7 anos do Grupo) e Pedro Domingos (Chefe de Grupo no final da década de oitenta e princípio dos anos 90).

Ficam marcados na memória do Grupo e de todos os escuteiros que dele fizeram parte todas as actividades em que participou o Grupo: ACAREG 89 (Patrulhas Lobo, Tigre e Panda), ACAREG 96 (Patrulha Touro), X Jamboree Açoreano 2001 (Patrulhas Raposa e Veado), ou os acampamentos e viagens de Grupo: desde os mais recentes como Porto Santo, Gerês, Nisa, entre outros, até aos mais distantes no tempo, como a Quinta da Fonteireira, os Capuchos, a Arrábida ou o Açude da Agolada. Todos eles vividos no mesmo espírito escutista e cristão.

 
wiki/sec/exploradores/historia.txt · Esta página foi modificada pela última vez em: 2007/09/15 00:00 (Edição externa) ()
Esta página é da autoria dos webmasters do Agrupamento 523 de São Tomás de Aquino
O seu conteúdo pode ser livremente copiado para fins não comerciais